Nova missão do Facebook

281
Facebook assume uma nova missão, a rede social irá incentivar a construção de comunidades, em vez de construir ferramentas com vistas apenas a manter as pessoas cada vez mais conectadas. Com o objetivo de “diminuir as distancias entre o mundo online e o mundo físico” – “Se você diagnosticar uma doença rara, você pode se unir a um grupo e compartilhar sua experiência” diz Zuckerberg.
Novos recursos do Facebook para as Comunidades:
Insights de Grupo, mostrados em um painel que reúne dados em tempo real sobre crescimento, engajamento e dos integrantes, como os posts publicados por cada um os horários em que há maior participação;
Filtro para pedidos de associação, que inclui categorias como gênero e localização;
Remoção de membros, que exclui não só o integrante como também todo o conteúdo criado por ele;
Publicações agendadas;
Recomendações de Grupos, por meio de uma ferramenta, ainda em teste, que conectará grupos; com ela, administradores poderão recomendar aos membros outros grupos similares.
Na última década, o Facebook trabalhou para o mundo ser mais conectado, mas a sociedade se tornou cada vez segmentada. “A ideia da nossa nova missão é fazer o mundo ficar junto”, afirmou. “Isso não é algo que você faz por si, mas dando às pessoas ao redor do mundo o poder de construir comunidades.”
mark-comunidades
Mark Zuckerberg em Chicago, nos Estados Unidos (Foto: Nam Y. Huh/AP)
“Grandes comunidades têm grandes líderes.” Mark Zuckerberg

Comments

comments