Como Viver Plenamente!

491

Por que você acha que apenas 1% da população alcança esta vida extraordinária e 99% buscam-na numa luta sem fim?

Como você sabe que alcançou a VIDA PLENA e não está passando despercebida?
Digo a vocês que muitas destas perguntas já lhes foram respondidas:

Mas o fruto do Espírito é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança. Contra estas coisas não há lei.
Gálatas 5:22-24

Então me responda: até que ponto na sua vida você tem “amado a Deus sobre todas as coisas e amado ao próximo como a si mesmo?”

Você pensa e me responde: “não sou perfeito”. Ao responder esta pergunta e justificar com sua imperfeição, lhe faço outra indagação:

Você sente “prazer”?

Caro leitor(a), espero que você não esteja fazendo um julgamento da conexão do amor divino X amor carnal. Está? Convido você, neste caso, a desprender-se das crenças limitantes.

Mas o que são estas crenças limitantes que tem te impedido de evoluir, bloqueando sua capacidade de entrar em ação e gerar resultados?

São crenças que você foi aprendendo com o tempo, de maneira inconsciente e que você não questionava a verdade. Estas são tão fortes no indivíduo que quando alguém afirma a real verdade, você não a concebe.

A crença de “sentir prazer é pecado” te impede de alcançar a Vida Plena. Preso ao pecado, você não consegue evoluir nem o espírito, porque ao ler sobre os frutos do espírito, você percebe que um deles é o “gozo”.

O que é o gozo do Espírito?

Quando na Bíblia Sagrada se fala do gozo do espírito, faz referência a fruição, à alegria ou ao sentimento de complacência e de prazer ao obter algo agradável.

E não é inatingível a conexão entre o gozo do espírito e a Vida Plena. Você, em algum momento, teve a experiência de conviver com pessoas tão simples, vivendo uma vida considerada miserável e visualiza um equilíbrio emocional e uma felicidade invejável. E você, diante das suas crenças limitantes, mais uma vez tenta justificar que a felicidade delas são fugas da fome. Não reconhece ali a Vida Plena! Então você se entrega a falsas vidas.

Você participará da falsa alegria que nunca preenche o seu coração. Dará gargalhadas nas festas mundanas. Em contraponto, sentirá um vazio, angústia, tristeza. Dias após dias virão e você sentirá sede de mais e mais noitadas e vida desregrada. Tudo em busca de acabar com os sentimentos baixos que você está vivendo. E estes sentimentos só acrescentarão: stress, desespero, depressão, solidão.

O mundo te oferecerá drogas que farão você sentir-se melhor e você vai se afundando. Aos que bebem, não faltarão amigos para convidar-lhe a festejar. Aos que vivem da luxúria, a matéria e a carne lhe darão fornicação. Você não vai se dá conta do caminho que está seguindo. Será prostituído aos poucos. O inimigo te puxará para a casa dele.

Aos fortes na oração, aos puros de coração ou aos que buscam a Deus, mais perseguidos serão.

O inimigo colocará em dúvida a tua fé. Usará as pessoas que te rodeiam para fazer o teu próprio julgamento. Aquele que mais você ama te crucificará. Ouvirá dessas pessoas condenações sem nenhuma chance de justificar todo o erro que você cometeu na vida. Por menor que seja, será jogado contra você!
Cuidado! A escuridão quer te confundir. Quer que você odeie o seu irmão para que você peque: “Amai-vos vossos inimigos”.

Tenha discernimento. A voz que vem do seu irmão, as dores que ele está te causando, não é ele, mas do sabotador nele.

“Ele arma ciladas, transformando o bem em mal, e encontra defeitos até mesmo nas melhores coisas”
(Eclesiástico 11- 31).

O anjo Mal tentará sujar o seu nome usando as pessoas!
Caro leitor(a), eu posso afirmar que você pode alcançar a Vida Plena antes da vida extraordinária. Basta vencer estes sabotadores.

Quem você conhece que foi tão amado pelos pais, ao ponto destes pais fortemente se colocarem em frente aos sabotadores da vida e desafiá-los? Contra tudo e contra todos que diziam: “Seus filhos nunca serão ninguém”, “Você nunca irá vencer”, “Não adianta tentar. Você não tem capacidade”, “Você não tem capital suficiente”, “Você é um sonhador. Neste mundo é preciso ser realista”.

Quanto mais fortes vierem os sabotadores, mais próximo você esta da Vida Plena. Tire a trave do seu olho, não se deixe cegar.

voce-nao-se-sente-merecedor-do-que-esta-pedindo

No percurso do encontro com a plenitude, a caminhada é árdua. Você deve se fortalecer na palavra, jejuar e orar constantemente. Faça da palavra sua vida e acredite que na hora você será atendido.

Sua mente será contaminada diversas vezes, com pensamentos profanos: matar, roubar, desejar… Será tentada a pecar todos os “Dez Mandamentos”. O inimigo é astucioso. age lentamente, usando sua fragilidade e medos. Você perceberá se justificando por cada erro e o seu tempo ficará cada vez menor, porque mil coisas aparecerão para você fazer.

“Meu filho, não se encha de coisas para fazer. Se exagerar acabará cometendo erros; e mesmo se correr, não chegará, nem fugindo conseguirá escapar. Há pessoas que trabalham, se afadigam e se atropelam, e apesar de tudo, estão sempre atrasadas”
(Eclesiástico 11- 10, 11).

Observe a luz, assim terá uma visão mais clara das coisas. Ouça tudo ao seu redor. As respostas e direção serão informadas para você através do diálogo dos que te rodeiam conectados aos seus sentimentos no seu coração.

No ápice da energia, fluirá uma emoção inexplicável no seu interior como um orgasmo. Um estado existencial de auto-realização e prazer de viver intraduzível em palavras e geralmente vivenciado a partir de curtos momentos ou momentos de pico profundo que te fará lacrimejar. Com a alma sendo lavada ou curada, você experimentará da paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança.

6

Você pode atingir a vida extraordinária antes ou depois da sua Vida Plena, pois sua vida extraordinária é o resultado da sua vida material. E sua Vida Plena é resposta da sua evolução espiritual.

Vigiai e orai cada pensamento de vossas mentes e cada sentimento de vossos corações, pois quanto mais se conhece mais lhe é cobrado.
Ficará surpreendido(a) com o Milagre!
Milagre! Tema da nossa próxima edição.

 

Adriana Kally – Filósofa, Coach Professional and Personal, Palestrante.

 

Comments

comments